Uso de Fitoterápicos na Odontologia

Portal_do_Sorriso_-_Blog_-_Fitoterápicos

Fitoterápicos são medicamentos naturais em que são utilizados os extratos de plantas medicinais. É importante saber que os produtos naturais também podem oferecer risco em sua utilização devido à possibilidade de haver substâncias tóxicas, substâncias alergênicas, contaminação por agrotóxicos ou por metais pesados. Além disso, mesmo se tratando de um produto natural, podem haver interações com outros medicamentos. É necessário também usar produtos já liberados pela ANVISA e sempre obedecer a dose indicada, pois em excesso podem ser tóxicos.

Na odontologia, o número de pesquisas com compostos naturais tem aumentado muito com o objetivo de encontrar agentes eficazes, com poucos ou nenhum efeito colateral e menor custo. Substâncias como a própolis, a curcumina e o resveratrol tem sido estudadas pelos pesquisadores.  No entanto, a utilização dessas substâncias ainda é incerta, pois os estudos mostram resultados divergentes. Existe uma tendência de utilizar produtos que melhorem a resposta imuno-inflamatória (defesa do organismo) do paciente, quando associados às terapias e tratamentos já estabelecidos e com efeitos comprovados como, por exemplo, a raspagem para o tratamento periodontal; o tratamento de canal para uma inflamação irreversível da polpa do dente.

A própolis é uma resina natural produzida por abelhas com ações antimicrobiana, anti-inflamatória e anestésica. Tem sido pesquisado seu uso como agente para colutórios (líquidos para bochechos), pastas de dentes, medicamentos para tratamento de canal, etc. No entanto, ainda não existem normas adequadas de uso e indicação específica.

A Curcuma longa é uma planta originária do sudeste da Ásia e foi introduzida no Brasil na década de 80. O extrato da Curcuma longa, conhecido como curcumina, é obtido da raiz da planta, tendo como produto final um pó amarelo-alaranjado, de sabor amargo e aroma picante, insolúvel em água em seu estado natural. É extensamente usado como corante para comida e é um dos ingredientes contidos no curry. Propriedades medicinais têm sido atribuídas ao extrato da Curcuma longa. O diferuloilmetano é o princípio ativo da curcumina  e extensas pesquisas vêm sugerindo que a substância possui efeito anticarcinogênico, antiviral, antioxidante e anti-inflamatório. O efeito da curcumina foi avaliado no desenvolvimento da periodontite em modelos animais, observando-se que houve redução da reabsorção óssea e redução na produção de substâncias importantes no aumento da inflamação.

O resveratrol (RSV) foi isolado pela primeira vez a partir das raízes de heléboro branco em 1940 e depois, em 1963, da raíz Polygonum cuspidatu, uma planta comum nas medicinas chinesa e japonesa. Trata-se de um composto antifúngico presente em pelo menos 72 vegetais, incluindo alimentos comuns da dieta humana como, por exemplo, as uvas, amendoins e mirtilos. Uma extensa gama de propriedades biológicas do RSV tem sido relatada desde a década de 1990. Entre elas estão o potencial cardioprotetor, câncer preventivo e controle metabólico da diabetes. Além desses benefícios, destaca-se seu potencial anti-inflamatório. A literatura sugere que o RSV exerce efeitos fisiológicos em todas as fases da inflamação. Pesquisas em modelos animais também sugerem que o RSV proporciona melhora no quadro inflamatório decorrente da periodontite e também redução da perda óssea.

Além dessas substâncias aqui discutidas, existe um número enorme de outros produtos naturais que tem sido estudados. No entanto, as pesquisas ainda mostram resultados divergentes e o uso em humanos ainda está sendo verificado. É importante dizer que ainda é necessário esperar resultados mais conclusivos e o uso indiscriminado pode trazer riscos e complicações. É também fundamental ter cuidado com as informações divulgadas e ter certeza de que a fonte é confiável. Somente profissionais de saúde podem fazer a indicação de uso de alguma substância e, mesmo sendo profissional de saúde, é necessário ter certeza de que o uso do produto está bem definido e sua eficácia comprovada.  

2017-11-10T23:28:08+00:00

Escreva um Comentário