Retração causa perda dentária?

Portal do Sorriso - Blog - Retração causa perda dentária

A retração gengival consiste no deslocamento da gengiva em direção apical (em direção à ponta da raiz), com consequente exposição da raiz do dente. As causas estão relacionadas a: 1. Placa bacteriana (gera perda óssea e da inserção dos dentes); 2. Trauma de escovação (força e pressão ao escovar, utilização de escova de cerdas duras, movimento inadequados de escovação). Existem outros fatores que podem facilitar a ocorrência das retrações, como o trauma de mordida (forças excessivas sobre o dente causadas por má posição dentária ou por restaurações inadequadas), posição alta dos freios labiais (pregas na parte interna dos lábios), movimentação ortodôntica e mal posicionamento dentário.

Quando a retração é causada pela placa bacteriana, frequentemente ela ocorre em todas as faces do dente. Já quando a causa é escovação traumática, a retração ocorre normalmente na face do dente voltada para a bochecha.

É muito comum as pessoas relacionarem as retrações à perda dentária. Esse receio faz muito sentido quando a causa da retração é a placa bacteriana. Nesse caso, a retração é o resultado da perda óssea e da perda de inserção do dente, decorrentes da periodontite. Se a periodontite não é tratada ou se o tratamento ocorre de forma tardia, a chance de perda dentária é grande. Se a retração é o resultado de escovação traumática, a chance de perda dentária é muito pequena. O paciente poderá se deparar com desconfortos como sensibilidade e maior risco de lesões de cárie radiculares. No entanto, a perda dentária dificilmente será resultado direto da retração.

2017-11-10T23:18:54+00:00

Escreva um Comentário