11 2626.Clique

Notícias

30 jan

Implante Dentário - Tudo que você precisa saber

Implante dentário: Entenda porque este é o tratamento mais indicado para reposição de dentes.

 

Sabemos que o sorriso é nosso cartão de visita. Todos sonhamos com dentes alinhados, branquinhos, iguais aos de ‘capa de revista’. E não só pela beleza. Um sorriso perfeito também te ajuda na hora da alimentação.

 

A digestão começa já na mastigação, e se você não tem a arcada dentária completa, todo o processo é prejudicado. Por não ter a segurança necessária para mastigar, não é incomum  evitar certos tipos de alimentos, ou até mesmo se esquivar de almoços sociais.

 

Considerada uma das melhores opções para quem sofre com a perda total ou parcial de dentes, o implante dentário é integrado diretamente no osso da maxila ou mandíbula do paciente.

 

Se você, assim como a maioria da população acha que o implante dentário é doloroso, demorado ou caro demais, saiba que não é bem assim!

 

Abaixo separamos as 6 principais dúvidas dos pacientes sobre Implantes dentários:

 

 

Como é feito o implante dentário?

Primeiramente os especialistas envolvidos no seu caso irão avaliar a condição clínica do paciente. Gengiva, dentes próximos e assoalho bucal deverão estar saudáveis para que o implante possa ser realizado.

Implante dentario

O procedimento consiste em implantar uma estrutura de titânio no osso maxilar ou mandibular do paciente, abaixo da gengiva, fazendo o mesmo papel da raiz dentária. Após a cirurgia ser realizada, o dente é fixado nessa estrutura, podendo ser no mesmo dia, em até 48 horas ou após um período mais longo, dependendo do critério profissional.

 

Implante dentário dói?

Mesmo os pacientes mais sensíveis a dor não consideram o procedimento doloroso.

Durante o pré-operatório, que é período em que o paciente se prepara para a cirurgia, o Implantodontista pode ministrar alguns remédios que reduzem a inflamação no local. Isso auxilia na redução da dor e na efetividade da anestesia que será aplicada durante o procedimento. Além disso, boa parte do procedimento é feito em tecidos ósseos, que não são enervados, o que reduz ainda mais a chance do paciente sentir dor.

 

Quanto custa um implante dentário?

O valor do procedimento depende de um planejamento minucioso e só é possível ser realizado com o paciente se submetendo a uma consulta com um cirurgião-dentista especializado. Fato é que esses procedimentos estão cada vez mais acessíveis. Além disso, se  considerado o custo-benefício, como durabilidade e higiene, certamente valerá a pena o investimento.

Pacientes com problemas de saúde podem fazer implante dentario?

Com o avanço da tecnologia, é muito seguro realizar procedimentos de implantes dentários. Pacientes com problemas de saúde como pressão alta, diabetes, deficiência nos rins e outras patologias, podem sim realizar o procedimento, desde que compensados.

 

Implante dentário pode dar rejeição?

Como o implante é feito com titânio, e esse material é bio-compatível, a possibilidade de rejeição é quase nula. A taxa de sucesso dos implantes é em torno de 95%. Nos raros casos em que há alguma falha no procedimento, geralmente o motivo é relacionado à união do implante com o osso. Mas nesses casos, em geral, há a possibilidade de nova inserção do implante.

 

Qual a diferença entre implante dentário e próteses dentárias?

Como dissemos, os implantes dentários são estruturas fixadas diretamente no osso maxilar do paciente, trazendo mais segurança e estabilidade para o paciente.

Já as próteses são peças utilizadas para a substituição de dentes, mas não são integrados ao osso do paciente. Vale lembrar que a durabilidade dessa opção é muito menor em relação aos implantes. Existem dois tipos principais:

 

Prótese móvel: substitui toda a arcada perdida ou parte dela e é totalmente removível. É a opção mais barata, mas acarreta em menos estabilidade e confiança para falar e mastigar. Além disso, como o osso não é estimulado, ocorre a reabsorção da estrutura óssea.

 

– Prótese fixa: a estrutura é fixada em outros dentes. Dá um pouco mais de segurança em relação à opção móvel, mas para isso o dentista precisa desgastar os dentes próximos, o que prejudica a saúde de dentes até então saudáveis. Por usar outros dentes para fixação, o paciente não pode ter perdido todos os dentes da boca.

 

O melhor é prevenir.

Agora você sabe que existem opções modernas e seguras para a substituição dos dentes. Entretanto, a melhor opção ainda é garantir que você perca nenhum deles. Portanto algumas dicas importantes para prevenir a perda dos dentes:

 

– Higiene e escovação: doenças periodontais são os maiores responsáveis por perda dos dentes em pacientes. E tudo isso pode ser evitado com escovação adequada e uso do fio dental, diariamente.

 

– Consulta de Rotina: cáries e tártaros não removidos são alguns problemas que se não tratados a tempo podem ocasionar na extração de um ou mais dentes. Portanto, visite seu dentista regularmente para que qualquer problema identificado na sua boca seja descoberto ainda no início, aumentando as chances de tratamentos menos agressivos.

 

– Saúde geral: algumas doenças como diabetes, por exemplo, podem prejudicar também a  saúde bucal do paciente. Portanto, faça um acompanhamento médico de rotina para verificar o estado de saúde geral do seu corpo.

 

– Proteção adequada: acidentes são outros fatores que causam a perda de dentes, e muitos deles ocorrem durante a prática de esportes radicais ou que tenham muito contato físico. Portanto, assim como joelheira e capacetes são recomendados, faça o uso de protetores bucais durante a prática desses esportes.

Agora você está por dentro de tudo sobre implantes dentários.

Nesse artigo você encontrou  as principais informações a respeito de implante dentário. Também conferiu as opções de tratamento e o mais importante: aprendeu dicas importantes para prevenir a perda dos seus dentes.

 

Se você se identificou com algum desses problemas, estamos à disposição para te ajudar. Entre em contato conosco, tire as suas dúvidas e agende uma consulta.

 

Postado por: Dra Eliana

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nós Ligamos para você
Leia PERGUNTAS FREQUENTES
Preço? Convênio?

Quer agendar uma consulta de forma simples?
Coloque seus dados que entraremos em contato com você.

Unidade
Morumbi

R. Edward Joseph, 47 1o. andar – Cj 8
(Próx. Portal do Morumbi)
11 3772.CLIQUE 11 97442.CLIQUE
Seg a Sex 7h às 20:30h Sábado 7h às 18h Responsável Técnico:
Dr Fábio Yamamoto
CROSP: 77497
CRO/CL 14537

Unidade
Pinheiros

Rua Cristiano Viana, 401 - 5°. andar – Cj 501 11 2609.CLIQUE 11 95716.CLIQUE
Seg a Sex 7h às 21h Sábado 7h às 15h Responsável Técnico:
Dra Eliana Akemi Miadaira
CROSP 65108
CRO/CL 17236